Novidades

Modelo para o País, Agência Estadual de Metrologia ganha novos laboratórios

Os serviços da Agência Estadual de Metrologia do Estado (AEM/MS) serão incrementados com a entrega de mais três laboratórios, além de novo espaço destinado aos produtos apreendidos sem a marca do Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial (Inmetro).

Os trabalhos da Agência serão incrementados com a entrega dos laboratórios de “Grandes Massas”, “Químico” e de “Energia Elétrica”. Conforme o diretor-presidente da AEM/MS, Sérgio Maia Miranda, os dois primeiros são responsáveis em fazer os ensaios de produtos pré-medidos – que são aqueles vendidos e fabricados sem a presença do consumidor. “O de Grandes Massas, por exemplo, será para aquelas grandes capacidades como rações, cimento, sal mineral, ou seja, coisas que vamos poder fazer agora com maior credibilidade e confiabilidade nas medições”, explicou.

Medidores
Já o laboratório de energia elétrica faz as verificações dos medidores de energia elétrica. “É uma bancada moderna, calibrada que só existe em Mato Grosso do Sul e num outro Estado para garantir as medições exatas nesses medidores”, comentou Sérgio Maia. Com essa bancada calibrada pelo volume de verificações que a Agência está fazendo com os medidores, o índice de reprovação é alto. “Os medidores estão medindo a menor. Nós temos uma proporção histórica de mais ou menos 90% dos medidores em que são feitas as verificações, eles são reprovados, ou por defeito do equipamento, ou por fraudes dos consumidores para pagar menos energia elétrica”, informou.

A bancada de medidor de energia é de fabricação alemã e foi adquirida no mês de julho. De acordo com o agente metrológico João Alfredo Vieira, a bancada faz a verificação dos medidores de energia quando solicitada pela concessionária de energia de Mato Grosso do Sul. “Quando encontra alguma suspeita de irregularidade de fraude, a empresa retira e pede para o Inmetro fazer essa verificação. O consumidor também pode pedir que se faça essa verificação ao Inmetro através da Enersul. Aqui a gente aplica uma energia simulando um consumo e então o aparelho nos dá o erro do medidor”, explicou. Dos dez medidores presentes hoje na bancada, oito foram reprovados.

A Agência de Metrologia também ganhou um depósito destinado aos produtos apreendidos sem a marca do Inmetro e a avaliação da conformidade. No local, há um total controle dos produtos apreendidos, por meio de um sistema informatizado com o tipo de produto, a data, local e dados da apreensão. Com o tempo são destruídos porque não podem ser doados.

Os laboratórios e novos espaços entregues hoje fazem parte do pacote de obras e de investimentos lançados pelo governo do Estado – o MS Forte 2. Conforme o governador André Puccinelli, a Agência Estadual de Metrologia do Estado (AEM/MS) vem recebendo ao longo dos anos diversas melhorias e em parceria com o Inmetro cuida dos produtos para que o consumidor não seja lesado. A obra foi orçada em R$ 2 milhões e os recursos foram provenientes do Inmetro, através do convênio firmado entre o governo do Estado, Agência Estadual de Metrologia de Mato Grosso do Sul e Inmetro.

“O Inmetro tem evoluído bastante e esses três laboratórios são para que façamos o nosso trabalho ainda melhor. É preciso que haja legalidade nas ações e bom senso, para que caminhando juntos possamos fazer o cumprimento da lei sem ofender a quem infringe, mas de forma a educá-lo didaticamente, para que não faça lesão ao consumidor”, disse Puccinelli.

Referência
Presente no evento de inauguração dos novos espaços, o coordenador geral da Rede Brasileira de Metrologia Legal e Qualidade do Inmetro, Omer Phollman Filho, elogiou a atuação da Agência de Metrologia de Mato Grosso do Sul, destacando os investimentos como um diferencial. “É um destaque em nível nacional, tanto pelas suas instalações, pelo pessoal lotado, pela sua gestão, ou seja, a gente consegue ver um trabalho muito profissional exatamente nessas demandas mais crescentes na sociedade”, avaliou.

Como a sociedade demanda um trabalho de qualificação e profissional, Omer Phollman Filho destaca que o trabalho em Mato Grosso do Sul vem sendo realizado neste sentido. “Haja vista a inauguração desse laboratório de calibração de medidores, que também era uma demanda da sociedade com um equipamento altamente sofisticado e o pessoal para operar altamente qualificado. Temos tudo isto aqui. Essa estrutura que temos hoje é um modelo para todo o País”, ressaltou.

O evento contou com as presenças da secretária de Estado de Desenvolvimento Agrário, da Produção, da Indústria, do Comércio e do Turismo (Seprotur), Tereza Cristina Corrêa da Costa, do deputado federal Fabio Trad e da vereadora Carla Stephanini.

Fonte: idest.com.br